best free website software
Mobirise

Prefácio

"Não há Soluções há Caminhos"
V. P. Magalhães, s.j.

Época de crise - que atinge os diferentes aspectos da vida do Homem, não apenas económicos e sociais, mas também e designadamente de ordem espiritual, moral, e da vida das instituições - põe em risco a sobrevivência das organizações que dependem sobretudo da boa vontade e espírito de solidariedade. Assim, é de esperar que dificuldades de toda a ordem ameacem e sufoquem a dinâmica e funcionalidade destes organismos.
É a situação da LAHUC.
A Presidente da Direcção da LAHUC soltou o grito de apelo a respostas e soluções.
Quem o ouviu? Quem respondeu?
Foi-nos proporcionado viver a pronta e generosa reacção a esse apelo.
Os poemas foram chegando e o florilégio - que uma Antologia significa, em sentido restrito - foi surgindo e cresceu, desde o mais simples miosótis à mais requintada orquídea, dando assim corpo ao nosso sonho de um projecto de Antologia Poética. Todos os poemas foram chegando, todos aqui estão publicados, todos eles são um gesto a testemunhar o verdadeiro espírito de solidariedade dos seus autores.
Foi, aliás, neste espírito e conceito que o nosso caminho na construção desta obra assentou. Evidentemente que a consciência da diversidade de poemas no que respeita a uma valorização literária, em nada pôde lesar a igualdade de aceitação, tratando-se, como já se disse, de uma obra com fins de solidariedade. Todos os autores quiseram contribuir para a construção de mais um apoio essencial a uma instituição em dificuldades de existência. Todos unidos no bem-fazer!
Uma especial acuidade para as situações-problemas, um total empenhamento conjunto, uma resposta pronta, um sentido de responsabilidade, - não será isto, afinal, o que caracteriza um acto de solidariedade?!
Solidariedade!, palavra muito utilizada nos nossos dias... mas nem sempre bem compreendida ou aplicada.
Dizem os dicionários que provém do étimo latino solidu e é sinónima de adesão. apoio, cooperação, interdependência... Sem a virtude da solidariedade (usamos a palavra virtude porque, como disse J. Paulo II, em qualquer análise de acções/omissões, "está sempre presente um eco de natureza ético-moral"), sem essa virtude, dizíamos, não teria sido possível singrar por este caminho de concretização do nosso sonho de Antologia Poética da LAHUC.
Está, pois, esta instituição, de parabéns:
- pela aventura em que se lançou,
- pelo êxito da sua realização
... e também pela oportunidade que ofereceu, a cada um de nós, de um enriquecimento pessoal pela consciencialização que do valor de compartilhar, quer do papel que nos cabe em encontrar caminhos que possam contribuir para a mudança.
E que ao leitor seja agradável o fruir da fragância delicada e solidária da presente Antologia Poética.

MARIA EDITE PACHECO FERREIRA
Coimbra, Dezembro 2013

Mobirise

Degraus

Degraus
ANTOLOGIA POÉTICA SOLIDÁRIA
LAHUC

livro solidário

EDIÇÃO
Casino Figueira

AUTORES
Grupo de Autores Solidários (de A a Z)
Learn more...

Mobirise

Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra

lahuc.com/‎. Learn more...